Tabus sociais, desvende todas as verdades.

 

 

Há centenas de anos que a sociedade impõe suas próprias regras, regras as quais impedem a população de avançar, na maioria das vezes os tabus surgem de uma maneira, mas a população dá asas a um raciocínio.

Manga com leite.

Desde muito antes da época dos nossos avós, já existia um certo receio em tomar manga com leite, ainda nos dias atuais ainda é presente esse tabu. As pessoas falam que mata, que não pode, que faz mal. Mas o que pouca gente sabe é a verdadeira história desse tabu.

Toda essa confusão vem do tempo dos escravos, naquele tempo o leite rendia muito dinheiro para os donos de fazendas, assim, quanto mais leite melhor, com isso, os senhores preferiam dá manga para os escravos do que leite, para assustar as pessoas, foi lançado mito, que quem toma manga com leite, morre!

Varrer para fora de casa.

Quando se ver uma dona de casa fazendo uma faxina em sua residência, que se localiza uma certa quantidade de sujeira perto da porta, o mais conveniente seria varrer para fora de casa, porque assim, pouparia o trabalho de levar até a cozinha por exemplo.

>>Clique no nosso número para ter notícias de graça 75 99879-7106. TOTALMENTE DE GRAÇA!! >>

Mas não é essa a grande realidade, na maioria das vezes as pessoas não varrem para fora, esse ato está relacionado com uma espécie de praga, na qual varrer para fora tirará a “sina” de não possuir uma casa. As pessoas mais velhas para não confrontar esse tabu, preferem não arriscar.

Chinelos virados para baixo.

Todo mundo sabe que um chinelo é apenas um objeto, e que não tem ligação nenhuma com ninguém, assim, é inexplicável a relação de danos em pessoas que deixem ela virada para baixo.

Mas não é isso o que vemos, as pessoa morrem de medo de deixar o chinelo virado, temem que assim, esse fato possa fazer algum dano para a sua mãe.

Pular por cima de uma pessoa.

Não que essa seja uma coisa comum, ou normal, mas diz as tradições, que quando uma pessoa pula por cima de outra, a pessoa que foi saltada, irá parar de crescer. Essa é uma antiga tradição, mas dá para notar que é algo totalmente improvável, já que uma pessoa não possui poder, ou qualquer outra coisa, que possa interferir no crescimento de ninguém.

Abrir a porta para visitas.

Quando sua visita vai embora, geralmente o dono da casa leva-o até a saída, do meu ponto de vista, esse ato, é um ato de educação. Mas não é isso o que dizem os “mais velhos”, segundo muitas pessoas, se o proprietário da casa não levar a visita até a saída, se o visitante abrir a porta, ele nunca mais irá voltar.

Caso tenha gostado, adicione 5 estrelas!
[Total: 0 Average: 0]

Comente