O São joão maior evento cultural do Nordeste, está perdendo suas raízes.

Essa data é um marco da cultura nordestina, ela já foi muito mais importante do que é hoje, mas mesmo tendo perdido grande parte da sua importância, continua sendo uma data para honrar nossas raízes, saborear comidas típicas, danças de raiz como a quadrilha.

É uma data que vem passando de geração em geração, mas infelizmente com o passar do tempo, tem diminuído cada vez mais sua importância, pois as pessoas estão muito ocupadas com o que vem de outras regiões, que acabam esquecendo o verdadeiro motivo do São João, que e lembrar nossos costumes, mostrar cultura nordestina de raiz, dançar um bom forró.


E o pior é que essa queda nas comemorações não e só no nordeste, mas sim no mundo, cada vez mais as pessoa só se preocupam com seus trabalhos, ou delas próprias, sem querer lembrar de datas ou pessoas marcantes, cada vez mais datas ficam mais e mais esquecidas, mas felizmente há quem defenda as tradições, e busca não deixar essa cultura tão rica morrer. Pessoas como Luiz Gonzaga, eternizaram suas musicas através dessa data pois, como falar em São João sem lembra do seu rei, o rei do baião que é uma das danças mais dançadas no São João.

>>Clique no nosso número para ter notícias de graça 75 99879-7106. TOTALMENTE DE GRAÇA!! >>

Se faz necessário um renascimento, os pais têm que mostrar a seus filhos como era divertido fazer a fogueira, e se reunir em volta dela, comer milho assado e contar varias histórias, mas hoje todo mundo só quer ficar nas redes sócias sem se preocupar com suas vidas físicas, minha gente vamos acorda trazer a tona nossas raízes, não vamos deixar nosso belo são João morrer, vamos fazer quadrinha e dançar até o dia “clariar”, comer bolo de milho e de aipim até não “aguentar”, vamos soltar bomba e ver o povo se assustar, vamos lutar para que essa farra nunca venha a acabar .

Caso tenha gostado, adicione 5 estrelas!
[Total: 0 Average: 0]

Comente