Justiça faz audiência para ouvir testemunhas sobre suposto roubo de combustível de carros da PM em Sergipe

Nessa segunda feira dia 30 de abril aconteceu mais uma audiência sobre o caso de desvio de dinheiro para abastecimento de veículos da Polícia Militar com uso do cartão para abastecimento. A audiência aconteceu com portas fechadas na 6ª Vara do Fórum Gumercindo Bessa, em Aracaju.

Era esperado que fossem ouvidas as sete testemunhas convocadas pelo Ministério Público Estadual. Mas apenas, seis confirmaram presença. Entre os que compareceram, estavam os policiais militares, uma das frentistas do posto onde o furto no abastecimento de viaturas foi identificado durante as investigações. Ela foi orientada pelos advogados para não falar com a imprensa. Réu no processo, o sargento da PM, Robertson Souza Silva chegou ao fórum com a cabeça coberta por um blusão e não falou com a imprensa.

>>Clique no nosso número para ter notícias de graça 75 99879-7106. TOTALMENTE DE GRAÇA!! >>

Já havia ocorrido outra audiência que foi realizada em janeiro desse ano, mas apenas 3 das 9 testemunhas foram ouvidas pelo juiz que resolveu suspender os trabalhos e remarcou para a manhã desta segunda dia 30.

2 processos foram instaurados, um administrativo e outro criminal para investigar o desvio de verbas relativas ao abastecimento de viaturas da PM.

A investigação foi aberta pela polícia militar em janeiro após denúncia anônima que havia sido feita em fevereiro de 2017, a Justiça Militar acatou o pedido do Ministério Público Estadual e determinou a prisão preventiva do sargento Robertson Souza Silva.

Caso tenha gostado, adicione 5 estrelas!
[Total: 0 Average: 0]

Comente