Produtora de elenco foi morta porque era ‘impura’, disse delegada

A polícia não tem dúvidas de que a produtora de elenco Maria Luana Oliveira Diogo, de 34 anos, foi morta em casa, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio, por seu irmão. Pedro Luiz de Oliveira Diogo, de 24 anos, preso sete horas após o crime, disse que ela “foi eliminada porque era impura“. A delegada Marcela Ortiz diz que apesar do depoimento estranho, Pedro não aparenta ter problemas psiquiátricos.

“Não temos dúvidas que foi ele. Ele era o único que estava na casa com ela no momento do crime. Dá riqueza de detalhes e ainda postou informações sobre o crime em conversas numa rede social com um perfil falso criado por ele mesmo. Em depoimento ele disse que a irmã não morreu, foi eliminada. Segundo ele, as pessoas puras são mortas e as impuras, eliminadas”, disse a delegada.

Ainda segundo Marcela Ortiz, em momento algum ele se mostrou arrependido. Disse que Luana era impura porque comia muita besteira e não seguia os mandamentos de um grupos qual também pertencia, o clã Aktsuki Akt, que diz ser um grupo oculto israelense é que tem por objetivo dominar o mundo.

>>Clique no nosso número para ter notícias de graça 75 99879-7106. TOTALMENTE DE GRAÇA!! >>

Crime e prisão

Pedro foi preso numa residência da família, no Lins de Vasconcelos, na Zona Norte, sete horas após o crime. Policiais da Divisão de Homicídios seguiram as pistas e evidências até encontrá-lo. Preso em flagrante, ele foi para a audiência de custódia no Tribunal de Justiça, na manhã desta terça-feira (25). A delegada informou que ele tem marcas de unhadas pelo corpo e que disse que foi ferido por Luana quando tentava socorrê-la, e que estava com o celular da vítima quando foi preso.

Parentes disseram que ele não tinha problemas psiquiátricos e nem fazia qualquer tipo de tratamento. Ele estava desempregado e apresentava, segundo a família um quadro de leve depressão, introspecção. Segundo o laudo inicial, do IML, Luana tem 12 ferimentos perfuro-cortantes pelo corpo, queimaduras de segundo grau na face, tórax, braços e coxas e fratura dos ossos do crânio, o que mostra que a vítima foi torturada.

Fonte:G1

Caso tenha gostado, adicione 5 estrelas!
[Total: 0 Average: 0]

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 + cinco =