Roubo de 600 doses de vacinas em Cristinápolis, existem suspeitos

A polícia civil de Cristinápolis-SE, vinha investigando o roubo de 600 doses de vacinas, desde de julho de 2017. Segundo o secretário da saúde, apenas três pessoas tinham acesso a sala de vacinação, e logo após foi notado o desaparecimento repentino do medicamento, já que no local não havia sinais de arrombamento. Onde vacinas contra a gripe eram para a campanha de vacinação do mesmo ano, porém a secretária de saúde do estado de Sergipe conseguiu mais vacinas e com isso a campanha ocorreu normalmente.

>>Clique no nosso número para ter notícias de graça 75 99879-7106. TOTALMENTE DE GRAÇA!! >>

Ao decorrer do acontecido, no ano seguinte, nesta terça-feira (16), duas pessoas foram apontadas por peculato culposo, (acontece quando o funcionário rouba um bem público), pelo roubo das vacinas contra a gripe, que estavam na Unidade de Saúde da Família Maria Dantas de Carvalho, em Cristinápolis-SE, no dia 22 de maio de 2016. As identidades das pessoas não foram informadas, porque a investigação ainda estar em andamento.

O prejuízo do roubo de 600 doses de vacinas, foi calculado em cerca de R$ 20 mil. Segundo o delegado do mesmo município, durante as investigações foram apreendidos os celulares de todas as pessoas que tinham acesso à sala onde eram guardadas as vacinas, os aparelhos foram periciados, e de acordo com o delegado, a depender da análise nos telefones, poderia ser pedida a quebra de sigilo bancário e do histórico de chamadas de cada um dos investigados, para averiguar as informações contidas em cada uma.

Caso tenha gostado, adicione 5 estrelas!
[Total: 0 Average: 0]

Comente