Projeto de lei pretende criminalizar o funk. Vote!

Entrou em votação popular no site do senado um projeto de lei para criminalizar o funk, essa enquete recebeu mais de 20 mil votos a favor em menos de 4 meses. Essa proposta de lei foi apresentada por, Marcelo Aloncio, ele teve essa iniciativa após o Facebook suspender por duas vezes sua pagina na plataforma.




Marcelo usa o argumento que, pretendente salvar a juventude democraticamente, “O funk faz apologia ao crime, fala em matar a polícia. Sou pai de família e se eu não me preocupar com o futuro, amanhã só teremos marginais”, afirmou o mesmo. Ele continua dizendo que o funk usa expressões muito vulgares, “O axé e o forró também estão indo nesse ritmo. A cultura paulista sempre foi do rock e do hip hop. O paulista não tem esse apelo musical do funk. A música eleva seu estado de espírito e o funk te irrita e provoca”, assim finalizou.

>>Clique no nosso número para ter notícias de graça 75 99879-7106. TOTALMENTE DE GRAÇA!! >>

Um grande cantor de funk, Mr. Catra autor de vários funks de sucesso foi a público mostrar sua opinião, ele critica essa propostas “Eu fico sem reação com alguém simplesmente cogitar a ideia de criminalizar o funk”, reclamou. “O rap americano tem letras muito piores. Em vez de brigar com o funk, por que não brigar contra o rap?”. Ele abriu outro ponto que se deve ser levado muito em conta “Milhões de pessoas no Brasil vivem do funk. Ele gera empregos e é um movimento cultural legítimo da favela. O problema não é o funk e sim a educação que os pais não da para seus filhos. O funk é a cultura do trabalhador. Deixo a sugestão: vamos fazer a mesma coisa lá no senado. Tenho certeza que teremos milhares de assinaturas apoiando o funk”, finalizou.




Será mesmo que precisamos retroceder tanto assim no tempo? Voltarmos a ser uma ditadura, em que éramos proibidos de falar e de fazermos o que achávamos certo. Vivemos em um país que é visto de fora como atrasado, sem pensamentos futuristas, isto só ia ainda mais agravar a situação de desemprego no Brasil, como já sabemos, nosso pais enfrenta uma forte crise financeira. Ficaremos esperando a votação do senado para saber se o funk continuará gerando alegria e renda para as famílias ou se será proibido.

Caso tenha gostado, adicione 5 estrelas!
[Total: 0 Average: 0]

Comente