O que muda em relação a condenação de Lula, pelo caso Tríplex?

O ex-presidente Luiz Inácio Lula Da Silva foi condenado nessa ultima quinta-feira 13/07 a 9 anos e 6 meses de prisão(ele aguardará em liberdade até a confirmação da sentença), essa sentença foi dada pelos crimes de corrupção passiva. A sentença foi dada pelo juiz da 13° vara federal, Sérgio Moro. A condenação é proveniente do caso do Triplex no Guarujá-SP, segundo as denuncias Lula pegou R$3,7 milhões em propina da OAS, esse dinheiro foi dado pela entrega da reforma do imóvel e também pelo armazenamento do acervo presidencial.

>>Não saia sem adicionar nosso número em sua agenda, para não perder as novidades, depois basta mandar um "OI" no WhatsApp 75 99879-7106. TOTALMENTE DE GRAÇA!! >>

Lula poderá se candidatar nas eleições de 2018?

Durante o ultimo dia essa pergunta repercutiu muito, já que aliados e contra o ex-presidente viam a situação de formas diferentes.
De acordo com a lei da ficha limpa, Lula poderá se candidatar, já que por essa lei apenas acusados em 2° instancia não poderiam assumir cargos desse tipo, ou seja, necessitaria que um segundo juiz desse sua sentença. Mesmo com a condenação em 2° instancia, Lula poderá recorrer, ao TRF da 4° região, e assim um grupo de desembargadores decidirão se ele continua com a denúncia, esse é o chamado acórdão.

A constituição trás uma visão completamente diferente, ela diz que um réu não pode assumir o comando do país. O promotor eleitoral Edson Resende mostra que o artigo 86 da constituição federal destaca que basta uma simples denuncia contra um presidente, para que o mesmo seja afastado. De acordo com o que a constituição diz, se Lula for eleito, ele já assumiria a condição de réu, o que lhe-afastaria do cargo, que seria ocupado por seu vice.

Conclusão

Ou seja, ainda não se tem exatamente como saber se Lula concorrerá a presidência, já que a lei da ficha limpa não é totalmente limpa, sendo que permite uma acusação.

Comente