Longas noites: Entenda o que causa, e os tratamentos para a insônia.

A insônia é um distúrbio do sono caracterizado pela dificuldade para adormecer ou para permanecer dormindo, que pode ocorrer de forma esporádica ou com frequência, sendo muito frequente durante a gravidez, menopausa e na terceira idade.
Conhecer seus sintomas é uma boa estratégia para combater a insônia de forma realmente eficaz.
Certas condições parecem tornar os indivíduos mais susceptíveis à insônia. Exemplos destas condições incluem:
  • Idade avançada (insônia ocorre mais frequentemente depois dos 60 anos).
  • Sexo feminino.
  • Histórico de depressão.
  • Caso outras condições (como estresse, ansiedade, problema médico ou uso de alguns medicamentos) ocorram junto com as listadas acima, há maior probabilidade de insônia.
Há varias causas de insônia, sendo que a transiente e intermitente geralmente ocorrem em pessoas que estão temporariamente vivenciando uma ou mais das situações abaixo:
  • Estresse.
  • Ambiente barulhento.
  • Mudanças no ambiente ao redor.
  • Problemas no horário de dormir/acordar como aqueles decorrentes de “jet lag”.
  • Efeitos colaterais de medicamentos.
Insônia crônica é mais complexa e geralmente resulta de uma combinação de fatores, incluindo os decorrentes de desordens físicas ou mentais. Uma das causas mais comuns de insônia crônica é a depressão.
Para tentar resolver esse distúrbio tente adotar essas práticas abaixo.
Alimentos que podem melhorar os sintomas de insônia, Inclua carnes magras no jantar e evite carboidratos
Alimentos ricos em triptofano – Este aminoácido estimula a produção de serotonina, que ajuda com o relaxamento. Inclua peru, frango ou atum para o jantar. Alimentos ricos em magnésio – Magnésio também ajuda a relaxar. Inclua vegetais de folhas verdes em sua dieta. Vitaminas-B: Carnes, fígado e vegetais de folhas verdes são ricos em vitaminas B.
Alimentos que você deve evitar: Não consumir cafeína após o meio-dia ou mesmo se você está tendo dificuldade para dormir.
Álcool: Pare de beber álcool pelo menos 2 horas antes de se deitar e beba com moderação.
Alimentares  alergênicos potenciais – Alergias alimentares podem causar insônia.
Açúcar variações do açúcar no sangue podem causar insônia.
Para criar bons hábitos de sono é aconselhado :
Dormir e acordar sempre à mesma hora todos os dias, inclusive aos fins de semana; Realizar atividades que aliviam o estresse, como correr, fazer refeições leves a partir das 18h e não ingerir alimentos estimulantes como café ou chá verde, desligar todos os aparelhos eletrônicos como: Tv, computador ou celular antes de se deitar.
Cuidados com a sua alimentação e novos hábitos na hora de dormir podem melhorar os problemas de insônia.
Caso tenha gostado, adicione 5 estrelas!
[Total: 0 Average: 0]

Comente