Avanço genético, saiba tudo sobre clonagem.

É um processo de reprodução assexuada, que resulta na obtenção de cópias geneticamente idênticas de um mesmo ser vivo, micro-organismo, vegetal ou animal. O termo clone foi criado em 1903 pelo botânico Herbert J. Webber enquanto pesquisava plantas na Agricultura dos Estados Unidos. Este procedimento teve início em um mamífero em fevereiro de 1997, um grupo de cientistas escoceses, liderado pelo inglês Lan Wimut, eles foram o autores da clonagem da ovelha dolly, o animal tinha 6 anos de idade.

A partir desse fato entrou-se em discursão o fato de fazer cópias genéticas (clonagem) de seres humanos. A experiência com a Dolly, foi um marco significativo no campo das clonagens e mostrou ao mundo que o tema é muito mais concreto do que se poderia supor. Imediatamente, surgiram debates sobre a ética na engenharia genética e as possíveis consequências da clonagem de seres humanos. Teoricamente, isso já seria possível com a tecnologia existente, para a clonagem de ovelhas, vacas e até macacos.
Este fato tão impressionante para a ciência tem pontos positivos e negativos.




Pontos negativos da clonagem:

Técnica de baixa eficiência.

Vários fetos morrem durante a gestação ou logo após o nascimento.

Grande número de anomalias envelhecimento Precoce. Os clones seriam maiores do que o normal, denominado de síndrome do filhote grande (large offspring syndrome – LOS).

Lesões hepáticas, tumores, baixa imunidade.

Pontos positivos da clonagem:

Utilização da técnica de clonagem para obtenção de células tronco a fim de restaurar a função de um órgãos ou tecido.

>>Clique no nosso número para ter notícias de graça 75 99879-7106. TOTALMENTE DE GRAÇA!! >>

A clonagem “terapêutica” teria a vantagem de não oferecer riscos de rejeição se o doador fosse a própria pessoa. (ex: reconstituir a medula em alguém que se tornou paraplégico após um acidente, ou substituir o tecido cardíaco em uma pessoa que sofreu um infarto).

Diminuição ou fim do tráfico clandestino de órgãos.

Ajudar casais inférteis que não podem ter filhos, mesmo após anos de tratamento de infertilidade.

Melhoramento animal, resgate de material genético, maximização do potencial genético de uma raça.

A pratica da clonagem abre uma grande discussão em relação a igreja, o Papa João Paulo II pronunciou-se sobre a clonagem humana, classificando-a como “moralmente inaceitável”. Segundo ele a clonagem e a manipulação de embriões, mesmo com fins terapêuticos, teriam consequências imprevisíveis para a humanidade. Para a Igreja Católica, a única maneira aceitável de criar a vida é mediante a relação sexual de um casal unido pelo matrimonio.




O Brasil tornou-se o primeiro país em desenvolvimento a dominar a tecnologia da clonagem. No dia 17 de março de 2001, nasceu Vitória uma bezerra da raça simental, o primeiro animal clonado produzido no país. Os responsáveis pela façanha foram os pesquisadores da Embrapa, que passaram então à tentativa de criar vacas clonadas e transgênicas. Os pesquisadores concluíram que a combinação da clonagem com as demais técnicas de multiplicação animal permite obter, em um ano, o ganho genético equivalente a 12 anos de seleção e multiplicação pelos métodos tradicionais. O domínio da biotecnologia animal pelo Brasil possibilitará a reprodução acelerada de animais geneticamente superiores.

Caso tenha gostado, adicione 5 estrelas!
[Total: 0 Average: 0]

Comente