Brigas de trânsito, falta de conscientização, e constantes geradoras de mortes.

 

O trânsito Brasileiro, principalmente os das grandes metrópoles, é lento e desorganizado, tais características são geradoras de stress e desrespeito. Com a violência mais presente nas vias, as mortes têm um aumento crescente e assustador, destruindo famílias, e quando não há fatalidades, há graves sequelas.

>>Clique no nosso número para ter notícias de graça 75 99879-7106. TOTALMENTE DE GRAÇA!! >>

Pesquisas comprovam que acidentes no trânsito são a terceira maior causa de morte no mundo, ficando atrás apenas das doenças cardíacas e câncer, e grande parte dessas mortes são geradas por desentendimento.
Os países que obtém os menores índices de violência no trânsito, são os que oferecem melhor educação à suas crianças, já que os órgãos responsáveis pelo trânsito brasileiro, ao buscar resoluções para o tal problema, através de pesquisas, chegaram a concepçãode que o adulto tem mais chances de se tornar consciente de suas ações no trânsito, quando suas consequências se tornam financeiras. Assim, a importância de desenvolver programas educacionais do trânsito, nas escolas, com o intuito de instruir diversas regras sobre o trânsito, para que crianças se tornem adultos conscientes.

Sendo assim, diante dos problemas sobre a educação no trânsito brasileiro, é necessário que haja uma sensibilização das pessoas, para que estas possam cumprir as leis. Isso deve ser feito a partir da educação infantil, pois além das crianças crescerem com a conscientização adequada, poderão também influenciar os pais a agirem de maneira correta. Além disso, deve haver o aumento na fiscalização das vias públicas e na punição para aqueles que desrespeitam as leis, numa tentativa de minimizar e regularizar a convivência no trânsito.

Caso tenha gostado, adicione 5 estrelas!
[Total: 0 Average: 0]

Comente