Veja quais áreas vão aderir a paralisação de sexta, e quais os motivos da formação da mesma

Nessa sexta-feira dia 30/06 terá uma nova paralisação.
Mais uma vez os brasileiros vão as ruas afins de fazer apelos sociais, dessa vez a população tem o intuito de lutar contra a Reforma Trabalhista, a Reforma da Previdência, a Lei da Terceirização, e o governo Michel Temer.
Com as palavras do presidente da central Única dos Trabalhadores de Pernambuco, fica muito clara a ideia dessa greve do dia 30:

“Nós estamos numa crescente da luta da classe trabalhadora, a CUT continua firme e resistência. A vitória na comissão que analisou a Reforma Trabalhista foi simbólica e isso nos anima. Nosso objetivo é enterrarmos essas duas reformas, e por esse motivo, continuamos em luta. No dia 30, teremos ocupação de rua, paralisações e atos públicos”.

Algumas áreas não funcionarão durante o dia da greve, tais como, os Bancos, Sistemas metroviários, Sindicato dos Trabalhadores, em alguns lugares, a policia civil também participará, no caso das agencias bancarias, existe a possibilidade de serem criadas barricadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

7 + catorze =